Home » Notícias » Enfermeira completa dez anos de formada e fala com orgulho do seu trabalho

Enfermeira completa dez anos de formada e fala com orgulho do seu trabalho

Um resultado de sucesso.  É assim que podemos descrever a trajetória da ex-aluna da Unitri, Sandra Gonçalves, 40 anos, formada na terceira turma do curso de Enfermagem.
Sandra concluiu a graduação em 2002 e disposta a entrar em um mercado comprometedor e de ascensão, investiu para que pudesse crescer profissionalmente naquilo que sonhava.  Casada, com dois filhos e grávida do terceiro, ela iniciou o curso aos 27 anos. “Com o apoio da família e a admiração de todos, eu saí da zona de conforto e busquei o meu maior objetivo: estudar e me profissionalizar”, conta.

Sandra fala do seu oficio com orgulho e amor e o chama de “a mais bela das artes”. “A Enfermagem é uma arte e para realizá-la como arte, requer uma devoção tão exclusiva, um preparo tão rigoroso, quanto à obra de qualquer pintor ou escultor. Pois o que é tratar da tela morta ou do frio mármore comparado ao tratar do corpo vivo, o templo do espírito de Deus? É uma das artes. Poder-se-ia dizer, a mais bela das artes!”

Completando 10 anos de formada e atuante no mercado de trabalho, com vasta experiência nos mais variados campos da área da saúde, atualmente Sandra é funcionária do Hospital de Clinicas (HC) da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), onde atua no setor de Obstetrícia e Ginecologia. A enfermeira já trabalhou em outros setores como oncologia, nefrologia, pronto-socorro, administração hospitalar, dermatologia e deu aulas em cursos técnicos. Sandra decidiu ampliar seu conhecimento e fez três especializações: Enfermagem e Nefrologia, Enfermagem e UTI e Enfermagem e Gerenciamento Hospitalar.

Sobre os tempos de universitária, a ex-aluna justifica a importância da Unitri na sua formação acadêmica. “Enquanto aluna, a Unitri me ofereceu conhecimento teórico, científico e prático, me fornecendo a experiência necessária para me desenvolver na vida profissional. O Centro Universitário oferecia uma grande abrangência e conhecimento no ensino e pesquisa na área da saúde. Realizei-me profissionalmente e foi uma das maiores conquistas da minha vida.”, conclui.

Alguns se dariam por satisfeito, mas essa mulher determinada, diz que ainda tem sonhos a realizar. “Ambiciono fazer mestrado e doutorado e, conseqüentemente, prestar concurso publico para atuar como professora”, diz. E para finalizar, Sandra aconselha que para “fazer enfermagem tem que ter dedicação aos estudos, amor ao próximo, ser humilde e gostar de cuidar. Enfermagem é entregar o amor em servir em prol do seu paciente”.

placeholder