Home » Cases de Sucesso » Egresso do curso de Ciência da Computação participa de concurso internacional

Egresso do curso de Ciência da Computação participa de concurso internacional

Gilberto Olímpio Júnior, 36 anos, se formou em Ciência da Computação em 2014. A escolha pelo curso deu-se ainda quando criança, o egresso sempre gostou de desafios e o curso o desafiava. Segundo ele, a escolha por estudar na Unitri veio pelo corpo docente e pela estrutura. “Principalmente o corpo docente, me deu o incentivo necessário para fazer novas descobertas. Me ensinaram a fazer as perguntas certas. Me mostraram qual era o caminho profissional a seguir”, ressalta. Atualmente Gilberto trabalha no gerenciamento da área de Engenharia de Software da Cedro Technologies. “Possuímos filiais em São Paulo e Patos de Minas. Desenvolvo a minha pesquisa na área de Inteligência Artificial, focado em mineração de fluxos contínuos de dados”comenta. Recentemente Gilberto participou da 2ª competição KDD-BR, uma das atividades conjuntas das edições 2018 do BRACIS (Brazilian Conference on Intelligent Systems), ENIAC (Encontro Nacional de Inteligência Artificial e Computacional), KDMILE (Symposium on Knowledge Discovery, Mining and Learning), CTDIAC (Concurso de Teses e Dissertações em Inteligência Artificial e Computacional), disponibilizada no Kaggle (www.kaggle.com), onde o objetivo era prever a produção de óleo de palma. Para isso foram disponibilizados datasets com as informações sobre a produção passada, condições climáticas e análise do solo. “Incentivado pela minha orientadora do mestrado entrei na competição a fim de experimentar novas idéias e testar alguns de meus conhecimentos. Além do esforço da  pesquisa foram necessárias horas de dedicação, muitas delas, na madrugada e nos finais de semana sem estar junto à minha família. Vários testes e discussões com amigos nos fóruns e da universidade. Ao final apresentei minha solução baseada em um algoritmo de Boosting que achei a mais viável para o problema apresentado”, disse. Neste mês, ele recebeu a noticia de que havia sido aprovado. “Recebi a ligação dos organizadores do evento dizendo que a minha solução foi uma das três melhores do Brasil! Todo aquele esforço foi recompensado com o reconhecimento em uma dos eventos mais importantes na área”, comenta. Gilberto se sente um profissional realizado e a conquista por participar desse concurso é um retorno de toda a sua dedicação. “Fico ainda mais incentivado a ir mais longe, a estudar mais, a conhecer mais. O conhecimento é aquilo que pode nos transformar! É aquilo que está me transformando!”, conclui. Egresso do curso de Ciência da Computação participa de concurso internacional